Coluna Wanderson Fly: INGENUIDADE OU GANÂNCIA? EM RIO VERDE, MULHER PERDE MAIS DE 22 MIL REAIS

POR Jornal Somos | 06/06/2023
Coluna Wanderson Fly: INGENUIDADE OU GANÂNCIA? EM RIO VERDE, MULHER PERDE MAIS DE 22 MIL REAIS

Reprodução/Internet

N

No último dia 01 de junho, uma moradora de Rio Verde foi vítima de estelionato. Segundo ela, por volta das 10 horas da manhã, estava navegando no Instagram quando se deparou com o story de um amigo que dizia sobre um investimento dos sonhos que qualquer pessoa.

 

 

O investimento seria a pessoa realizar um Pix, e esse valor voltar para ela com o dobro ou o triplo de ganho em cima do valor depositado. Por exemplo: ela depositaria R$1000 e voltaria R$2000, mas o que ela não sabia é que o Instagram do amigo havia sido hackeado.

 

 

A vítima, por conhecer o dono do perfil no Instagram, não desconfiou e entrou em contato com os bandidos. Durante a conversa com os autores, ela passou vários dados pessoais, número de telefone e informou também quais os bancos ela tinha conta.

 

 

A negociação ocorreu e a vítima informou o valor que ela queria, e a conversa saiu do Instagram e foi para o WhatsApp. Durante a troca de mensagens, o autor perguntou a vítima se ela possuía contas em outros bancos, ela então informou que sim, com isso os bandidos queriam saber qual valor a vítima tinha disponível nas contas. Nesse primeiro contato, a mulher efetuou um Pix no valor de R$1000 acreditando que esse valor iria voltar para ela com o dobro.

 

 

No outro dia, por volta de 07 da manhã, a vítima entrou em contato novamente com os autores. Quem teria lhe atendido seria um gestor dessa suposta empresa, que iria dar continuidade no atendimento, ele ligou para a vítima e falou que iria passar um passo a passo que a vítima teria que realizar.

 

 

O autor pediu a vítima para colocar o telefone no viva voz e não desligar o aparelho em hipótese alguma, então pediu que abrisse o aplicativo do banco e fazer algumas movimentações. Nisso, o autor efetuou um empréstimo em nome da vítima.

 

 

A mulher relatou ainda que o autor disse que o valor arrecadado do empréstimo seria uma simulação e que ela deveria realizar um Pix para uma outra pessoa que seria um contato dentro do banco e que ele seria quem iria efetuar o pagamento para a mulher.

 

 

A vítima então realizou mais um Pix no valor de R$18.750.

 

 

A conversa prosseguiu e o golpista enviou um link para a vítima dando acesso a um pagamento a ser realizado através do limite do cartão de crédito da vítima. A mulher efetuou o pagamento no valor de R$2.899.

 

 

No final, os autores causaram mais de 22 mil reais em prejuízo para a vítima.

 

 

Após receber os valores, os golpistas pediram para a vítima atualizar a página do banco para ver se o valor havia sido estornado, alguns minutos se passaram e eles informaram que a página estaria com instabilidade e que posteriormente entrariam em contato com a vítima.

 

 

A mulher tentou por várias vezes contato com os autores, porém sem sucesso. Após isso, entrou em contato com o amigo que informou que o Instagram havia sido hackeado.

 

 

A Polícia Civil já foi comunicada sobre o fato e agora investiga o crime.

 

Esse texto não reflete necessariamente a opinião do Jornal Somos.

Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE:

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do Jornal SOMOS oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
Jornal Somos
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES