Coluna Cairo Santos: ALÉM DO CALOR NATURAL, HÁ OUTROS MOTIVOS PARA O CLIMA NO LEGISLATIVO RIOVERDENSE ESQUENTAR

POR Cairo Santos | 22/11/2023
Coluna Cairo Santos: ALÉM DO CALOR NATURAL, HÁ OUTROS MOTIVOS PARA O CLIMA NO LEGISLATIVO RIOVERDENSE ESQUENTAR

Foto: Reprodução

C

Começou na última segunda-feira, 20, as sessões ordinárias do mês de novembro/23 do Legislativo Rio-verdense e o clima não foi nada ameno. Como se não bastassem os debates acalorados que acontecem na tribuna da casa, os bastidores também estão fervendo. Após o presidente Idelson Mendes (Patriota) suspender a sessão por alguns minutos, o retorno foi impossível de acontecer, obrigando o presidente da casa a terminar a sessão e remarcá-la para o início da tarde ontem (21), esperando que os ânimos estivessem mais serenados.

 

Segundo fontes ouvidas por mim, a treta, com palavrões, empurrões, ameaças e até socos, foi fora do plenário, em uma sala usada pelos edis e envolveu os vereadores Ronaldo Cruvinel (PSB) e Soldado Fernando (PSD). O estopim da confusão foi o fato do vereador Sd. Fernando, secretário da mesa e responsável pela leitura de projetos e outros, não ter atendido na íntegra um pedido do vereador Ronaldo Cruvinel, na leitura de um Salmo na abertura da sessão, detalhe: a casa estava cheia.

 

Segundo informações, o salmo pode ser lido na íntegra ou apenas uma parte, o que revoltou o vereador Ronaldo Cruvinel que foi pedir explicações ao vereador Sd. Fernando nos bastidores, que não gostou e o pau comeu. Na verdade, o verdadeiro motivo do descontentamento é a disputa por redutos eleitorais do vereador Ronaldo, que estaria sendo invadido pelo vereador Sd. Fernando. Como as eleições se aproximam e como sempre será extremamente acirrada, ninguém quer perder espaço.

 

Ouvido pelo Jornal Somos, o presidente da casa Idelson Mendes admitiu o entrevero, mas colocou água benta, negando que tenha havido agressão física e afirmando que a discussão ficou no campo das palavras e que tudo já está bem e os dois brigões já reataram a amizade. Essa versão do presidente não bate com a versão de fontes ouvidas pela coluna que afirmam ter havido agressão física, sim, inclusive sobrando sopapo até para vereador que não tinha nada a ver com a confusão e entrou para apartar.

 

Quarta-feira é dedicada a assuntos parlamentares, ocasião que os senhores vereadores usam a tribuna por 10 minutos sobre tema livre e a esperança que as “armas” fiquem em casa. O espaço na coluna está à disposição dos vereadores envolvidos caso queiram se manifestar.

 

 

Esse texto não reflete necessariamente a opinião do Jornal Somos.

Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE:

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do Jornal SOMOS oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
Jornal Somos
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES