sexta-feira, 24 de maio de 2024

Goiás

Frentistas iniciam greve e cobram reajuste salarial em Goiás

POR Jornal Somos | 12/09/2022
Frentistas iniciam greve e cobram reajuste salarial em Goiás
N

Nesta segunda-feira (12), frentistas de Goiás iniciaram uma greve da categoria por motivo de falta de reajuste salarial. Segundo o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo (Sinpospetro-GO), os trabalhadores da área estão sem aumento há quase 3 anos.

 

Em declaração, o gerente do Sinpospetro, Carlos Pereira, alegou que a categoria está sem acordo coletivo de trabalho desde 2020, que foi a última vez que ocorreu a convenção e a classe venceu. Desde então, segundo o sindicalista, a entidade tenta negociar uma nova convenção com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindiposto-GO), mas sem sucesso.

 

“O Sinpospetro já tentou inúmeras vezes, inclusive junto ao Ministério Público e Tribunal Regional do Trabalho (TRT). O Sindiposto fala que a proposta é zero, que não vão aceitar o pedido de aumento”, disse.

 

De acordo com o Carlos Pereira, atualmente há cerca de 4,5 mil frentistas em Goiás, que recebem salário mínimo há quase 3 anos. “Nossa proposta é um reajuste de 21%, um percentual acumulado entre os anos de 2020 e 2022. Além disso, pedimos um aumento no valor pago pela cesta básica, assim como manutenção de benefícios, como plano odontológico”, afirmou.

 

A previsão é que a paralisação venha atingir mais de mil postos de combustíveis. O gerente do Sinpospetro informou que espera a adesão da maioria dos trabalhadores da categoria. 

 

De acordo com Carlos, a paralisação não tem previsão de término. “O TRT determinou que não vai aceitar o dissídio (acordo de trabalho coletivo) porque não houve acordo entre os sindicatos patronal e de empregados. Assim, só vamos conseguir o reconhecimento do órgão com a greve. Nosso movimento segue até conseguirmos o reajuste”, finalizou. 

 

Fontes: Mais Goiás

*Matéria produzida voluntariamente por Eduarda Lima e supervisionada pela jornalista Camilla Paes

 
Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE: