sexta-feira, 24 de maio de 2024

Caiado e Polícia Militar reagem a declaração polêmica de desembargador sobre 'fim' da PM de Goiás

POR Marcos Paulo dos Santos | 02/11/2023
Caiado e Polícia Militar reagem a declaração polêmica de desembargador sobre 'fim' da PM de Goiás

Foto: Divulgação - Youtube

A

A Polícia Militar de Goiás e o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) reagiram às declarações do desembargador Adriano Roberto Linhares Camargo do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), após um vídeo dele viralizar sobre a Polícia Militar de Goiás.

 

 

No vídeo, ele expressa que a instituição deveria parar de existir. “Para mim tem que acabar com a PM e instituir uma forma diferente na área da investigação e da repressão a crimes. A PM deve ser reserva técnica do exército e enfrentar inimigo”, destacou, deixando claro que se tratava de uma opinião.

 

 

Na nota publicada na quarta-feira (01), a polícia repudiou as falas de Adriano e diz que “reafirma com firmeza nosso inabalável compromisso em servir e proteger a população, com uma dedicação incansável na implacável luta contra a criminalidade e na garantia da segurança pública.”

 

 

Já o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, não poupou críticas ao desembargador e avaliou que a declaração do jurista deve ser avaliada pelo Conselho de Ética, sugerindo um eventual impeachment. No vídeo em que publicou nesta quinta-feira (02) direto do aeroporto na qual seguiria em viagem à China, ele chega a fazer insinuações a Adriano.

 

 

“Neste momento em que você pede a extinção da PM de Goiás você atenta contra o Estado Democrático de Direito ou você está cooptado por outras forças do crime em nosso estado”, afirmou Caiado, que já solicitou providências a Procuradoria-Geral do Estado sobre a fala.

 

 

Leia a nota da Polícia Militar de Goiás na íntegra;

 

 

Nota de Repúdio.

 

Com respeito à justiça, leis, autoridades e aos cidadãos goianos, esta nota de desagravo, em nome da Polícia Militar de Goiás, reafirma com firmeza nosso inabalável compromisso em servir e proteger a população, com uma dedicação incansável na implacável luta contra a criminalidade e na garantia da segurança pública.

 

 

Repudiamos com veemência os inaceitáveis e desrespeitosos comentários proferidos na Sessão Criminal de hoje, 01 de novembro de 2023, que ousaram questionar o nosso papel essencial e a dedicação incansável de nossos bravos policiais em servir à comunidade.

 

 

Tais comentários distorcidos e prejudiciais não possuem qualquer respaldo na realidade de nossa instituição, nem no compromisso diário e inquebrantável de nossos valorosos policiais.

 

 

Repudiamos tais generalizações injustas e negativas.

 

 

Com orgulho, reconhecemos que, graças aos incansáveis esforços de nossos policiais, Goiás se destaca como uma fortaleza de segurança no Brasil, atraindo cidadãos e impulsionando o vigoroso desenvolvimento econômico e social de nossa região.

 

 

Ao longo de 165 anos de história, evoluímos, aprimoramos profissionais e adotamos práticas embasadas em princípios legais e de direitos humanos, mantendo o compromisso com a transparência, a responsabilidade e a busca incessante pela excelência, visando intransigentemente a segurança e o bem-estar da sociedade goiana.

 

 

Estamos sempre dispostos a um diálogo construtivo e a um constante aprimoramento na implacável batalha contra a criminalidade.

 

 

Continuaremos nossa incansável missão de erradicar o crime e de proporcionar um ambiente de segurança a todos os cidadãos de Goiás.

Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE: