Buscas por suspeito de triplo homicídio se concentram em Corumbá, Alexânia, Abadiânia e Anápolis

POR Camilla Paes Leme | 30/11/2021
Buscas por suspeito de triplo homicídio se concentram em Corumbá, Alexânia, Abadiânia e Anápolis

Imagem: David Dourado/Portal 6

N

Nesta terça-feira (30/11), a força-tarefa das Polícias de Goiás continuam nas buscas por Wanderson Mota Protácio, de 21 anos. Segundo as informações divulgadas pela Polícia Civil, são aproximadamente 70 policiais militares e civis, que usam helicópteros e cães farejadores na busca do foragido que neste momento se concentram em Corumbá, Alexânia, Abadiânia e Anápolis.

 

 

Ele é o principal suspeito de matar a mulher grávida de 4 meses, a enteada, de 1 ano e 8 meses, a facadas, e um fazendeiro com um tiro na cabeça. O crime aconteceu na noite do último domingo (28/11), em Corumbá de Goiás. De acordo com a Polícia Militar, Wanderson assassinou a mulher e a criança dentro de casa a facadas. Depois teria ido até a fazenda de um ex-patrão, onde furtou um revólver com seis munições e se deslocou até uma propriedade vizinha onde matou o fazendeiro Roberto Clemente de Matos e tentou estuprar a esposa dele. A mulher ainda foi baleada no ombro e, de acordo com a apuração policial, fingiu-se de morta para escapar. O assassino levou a caminhonete de Roberto e abandonou o veículo após alguns quilômetros, na GO-225.

 

 

Novas informações afirmam que depois de assinar os familiares, ele ainda teria vendido o celular da companheira em Alexânia e solicitou um táxi o qual teria como destino Abadiânia e, por isso, as buscas estão concentradas no núcleo rural do município goiano.

 

 

Wanderson não é um suspeito primário, pois já possui ficha criminal. Em 2019, ele foi preso pelo crime de tentativa de feminicídio contra uma mulher, cunhada do pai dele. A vítima recebeu diversos golpes de faca nas costas após se negar a entrar com ele em um quarto, no momento em que o mesmo se apresentava alcoolizado e com evidências de ter usado algum outro tipo de entorpecente. Ele ficou preso na Unidade Prisional de Goianópolis, mas ganhou a liberdade em março de 2020.

 

 

(Com ionformações do Portal 6, Metrópole, Correio Braziliense e SSP-GO)

Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE:

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do Jornal SOMOS oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
Jornal Somos
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES