Goiás

Bombeiros atendem ocorrências em época chuvosa

POR Jornal Somos | 21/11/2018
Bombeiros atendem ocorrências em época chuvosa
C

Com o período chuvoso, estamos propícios a sermos vítimas de várias ocorrências que podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros. São casos de ocorrências nesta época a invasão de animais silvestres em perímetro urbano, enchentes e inundações, além dos casos de afogamentos. Para tanto os Bombeiros fazem um alerta para os cuidados com os riscos já registrados.

 

Em decorrência do número de ocorrências já registradas nesta época anteriormente, em outubro foi iniciada a Operação Enchentes e Alagamentos que só encerrará no dia 30 de abril de 2019. O 1º Comando Regional Bombeiro Militar realizou, por meio da Coordenação Regional da Operação, a capacitação de Busca e Resgate em Inundações e Enxurradas para todas as unidades pertencentes ao comando regional. Foram capacitados 4 militares de cada batalhão, companhia e pelotão, que serão multiplicadores dos conhecimentos adquiridos para toda a tropa das suas unidades. Em nota, o CBMGO informa que com a qualificação, proporciona a sociedade goianiense equipes de resposta aos desastres naturais hidrológicos (alagamentos, inundações e enxurradas) que estarão de prontidão e à disposição 24 horas.

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás em Rio Verde atendeu a uma ocorrência náutica recentemente, o resgate retratava de uma vítima adolescente, sexo feminino, afogada no lago municipal de Itarumã.  Após 1 hora de buscas no lago, os especialistas localizaram o corpo da vítima.

 

Outro caso atendido recentemente pelo Corpo de Bombeiros Militar de Goiás, com ocorrência sobre animais silvestres em perímetro urbano ocorreu no município de Inhumas, região metropolitana de Goiânia, quando uma família encontrou uma cobra jiboia de 1 metro entrelaçada na árvore de natal dentro da residência, os bombeiros foram acionados e fizeram a retirada do animal.

 

Com informações do Tenente Leandro Dias foram atendidas 142 ocorrências de resgate a animais silvestres até o dia 20 de novembro. O Corpo de bombeiros ainda alerta que constitui crime maltratar, ferir ou matar animais silvestres, e que em caso de presença de animais silvestres no perímetro urbano, a população deve ligar no número de emergência do corpo de bombeiros (193), para que seja realizado a captura e a correta captura dos mesmos.

 

Leandro ainda deixa em nota as orientações do CBMGO à população goiana referênte ao período das chuvas:

"Na área de atuação do 4º Batalhão Bombeiro Militar ainda não foi registrado ocorrências de alagamentos e enchentes que tenham resultado em danos" disse o tenente. Durante o período chuvoso O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) orienta a população sobre ações preventivas a serem adotadas. Confira a seguir a lista de orientações da Defesa Civil para população goiana com a chegada das chuvas:

 


ANTES DAS CHUVAS

 

  • Acompanhe os boletins meteorológicos pelos órgãos da imprensa;
  • Mantenha limpos os ralos, esgotos, bueiros e valas;
  • Realize a limpeza do telhado, das calhas (acúmulo de folhas) e verifique a existência de buracos;
  •  Não jogue lixo ou entulho em lotes baldios, bueiros, quintais, nos córregos e na rua;
  •  Reforce muros e paredes que tenham perigo de cair;
  •  Verifique as instalações elétricas, desligue e desconecte os aparelhos elétricos, quando perceber chuvas fortes acompanhadas de raios;
  •  Coloque em lugar alto, móveis e outros pertences, caso sua moradia esteja localizada em área de risco ou em locais sujeitos a alagamentos;
  • Saiba onde existe um lugar seguro, para um caso de emergência;

 

DURANTE AS CHUVAS

 

  •  Evite sair de seu local durante as chuvas, aguarde a intensidade diminuir ou a chuva acabar;
  •  Mantenha-se atento aos níveis da água, procure um lugar seguro ao sinal de qualquer aumento;
  •  Mantenha as portas e janelas da casa fechadas, para evitar entrada de ventos fortes e animais indesejados;
  •  Não deixe as crianças brincarem na chuva ou em enxurradas, há risco de doenças e acidentes;
  •  Não se proteja embaixo de árvores, pois elas cair e atrair raios;
  •  Se for levado pelas águas procure se agarrar em algo que flutue;
  •  Não se arrisque em atravessar a pé ou com veículos as ruas e áreas alagadas;
  •  Se sua casa estiver em risco de alagamento ou desabamento, chame imediatamente o Corpo de Bombeiros (FONE 193) e a Defesa Civil (FONE 199).DEPOIS DAS CHUVAS
  •  Verifique as instalações elétricas antes de ligá-las;
  •  Faça uma revisão de possíveis danos em sua moradia (paredes, telhados…);
  •  Cuidado com animais indesejados (aranhas, cobras e ratos em casa).

 

ORIENTAÇÕES AOS MOTORISTAS

 

  •  Evite sair durante as chuvas, mas se for necessário, não ande em vias alagadas, procure sempre rotas alternativas;
  •  Não estacione seu veículo em regiões íngremes, próximo às árvores e postes durante as chuvas;
  •  Durante a incidência de raios, a melhor proteção é permanecer no interior do veículo;
  •  Verifique o estado dos limpadores, da borracha das paletas e do motor dos limpadores;
  •  Certifique-se que o desembaçador está funcionando direito;
  •  Ligue o farol durante uma chuva intensa (MESMO QUE SEJA DIA CLARO) para que outros motoristas e pedestres o vejam.
Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE:

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do Jornal SOMOS oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
Jornal Somos
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES