Advogado de Goiânia chama desembargadora de jumento e falta a audiência para fazer sexo

POR Marcos Paulo dos Santos | 25/11/2023
Advogado de Goiânia chama desembargadora de jumento e falta a audiência para fazer sexo

Foto: Reprodução

D

Durante um processo em andamento, um advogado chamou uma desembargadora de jumento, depois que ela indeferiu um pedido de harbeas corpus da cliente dele. Após o episódio, meses após ser processado pela magistrada, ele faltou a audiência de instrução e julgamento para poder fazer sexo com uma garota de programa. O caso aconteceu em Goiânia nesta quinta-feira (23).

 

 

"A parte [...] necessita de todo o dia de hoje (e se Deus ajudar para que ele não falhe, toda a noite) a fim de se dedicar à prática do coito, ou seja, o sexo – vulgarmente também conhecido como “trepada”", escreveu o advogado no pedido de adiamento da audiência.

 

 

O texto elaborado pelo advogado chamou atenção pelo uso bem de formal de palavras para justificar a sua audiência para ter o ato sexual com a mulher, alegando que era uma “sobrevivente da Covid-19”, apresentou um documento assinado por uma médica, dizendo que ele seria portador de arritmia e outras doenças.

 

 

"Em razão do diagnóstico acima descrito, é unânime que a classe médica do mundo inteiro e cientistas de outras áreas do conhecimento humano, recomendam a prática do prazer sexual", escreveu o advogado, que não foi identificado.

 

 

Entidades e órgãos reagiram ao episódio. O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) divulgou em nota que repudia as declarações inaceitáveis pelo tal advogado, “que desrespeitam não apenas a honra de uma desembargadora no exercício de suas funções como magistrada deste Tribunal, mas também princípios básicos como ética, respeito e decoro exigidos de um profissional da carreira jurídica”.

 

 

A Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) também emitiu uma nota repudiando o ocorrido e providenciou uma representação ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) estadual e federal solicitando a suspensão da prática de advocacia do advogado.

 

Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE:

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do Jornal SOMOS oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
Jornal Somos
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES