quinta-feira, 18 de abril de 2024

ÚLTIMA SEMANA PARA FILIAÇÃO PARTIDÁRIA: A SEMANA QUE VAI DECIDIR SE VOCÊ VAI SER ELEITO OU NÃO

POR Júnior Mendanha | 28/03/2024
ÚLTIMA SEMANA PARA FILIAÇÃO PARTIDÁRIA: A SEMANA QUE VAI DECIDIR SE VOCÊ VAI SER ELEITO OU NÃO

Foto: Reprodução

E

Estamos adentrando na reta final para uma das etapas cruciais na corrida política: a filiação partidária. É na próxima semana que as decisões tomadas podem determinar não só o destino individual de cada candidato, mas também o cenário político de Rio Verde.



Um dos pontos importantes a considerar ao escolher o partido é a força da chapa de vereadores. Ter uma chapa competitiva não apenas fortalece o partido como também aumenta as chances de êxito para todos os seus membros. Já discutimos anteriormente nesta coluna quais partidos têm potencial para montar chapas de vereadores mais competitivos em Rio Verde.



Dentre os destaques, se sobressaem o UB (União Brasil) e o PL (Partido Liberal) como os principais protagonistas desse cenário político. Ambos têm mostrado uma articulação sólida e uma capacidade de mobilização que não pode ser ignorada. Suas estratégias e propostas têm atraído a atenção dos eleitores e ganhado espaço na opinião pública.



Entretanto, não podemos deixar de mencionar o MDB, que nesta reta final tem alinhado sua base e vem demonstrando um novo poderio, despontando como um potencial favorito. Com uma estratégia política renovada e uma base consolidada, o MDB parece pronto para enfrentar os desafios eleitorais com determinação. 



Neste momento, os futuros candidatos que ainda não decidiram qual partido ingressar usem esta última semana com sabedoria. Avaliem não apenas as oportunidades imediatas de uma chapa competitiva, mas também a afinidade ideológica, a integridade partidária e o compromisso com os valores que vocês defendem. Esta é a hora de fazer uma escolha que reflita seu compromisso com o bem-estar de nossa comunidade. Lembrem-se, a data final para filiação partidária é dia 06 de abril!



Esse texto não reflete necessariamente a opinião do Jornal Somos.

COMPARTILHE: