Goiás

Caiado afirma que Goiás continuará com decreto mesmo após fala de Bolsonaro

POR Camilla Paes Leme | 25/03/2020
img/noticias/Caiado afirma que Goiás continuará com decreto mesmo após fala de Bolsonaro

Reprodução

O

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), que até então era aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), disse nesta quarta-feira (25) que a posição do presidente da República não chega a Goiás, e que no Estado as regras a serem seguidas são as estabelecidas pelo governo estadual. "As declarações do presidente não atravessam as fronteiras de goiás e não atingem os goianos", disse.

 

As falas de Caiado são uma resposta ao pronunciamento do presidente, feito em rede nacional na noite da última quarta-feira (24), no qual ele voltou a chamar a pandemia do novo coronavírus de "gripezinha", criticou governadores que tomaram medidas restritivas e culpou a mídia pelo que chamou de "histeria". O governador de Goiás pontuou que o decreto assinado por ele no último dia de março, que estendeu medidas restritivas, como fechamento de comércios, até o dia 4 de abril, continua valendo.

 

"Quero deixar claro que as decisões do presidente da República, no que diz respeito à área de saúde, coronavírus, não alcança o Estado de Goiás. As decisões de Goiás serão tomadas por mim e por decisões lavradas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo corpo técnico do Ministério da Saúde", afirmou.

Jornal Somos

Jornal Somos

Jornal online com a missão de produzir jornalismo sério, com credibilidade e informação atualizada, da cidade de Rio Verde e região.

COMPARTILHE:

INSCREVA-SE

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as notícias do Brasil e do mundo com publicações realizadas pelos melhores jornalistas do Brasil. A plataforma inteligente do Jornal SOMOS oferece o melhor do conteúdo jornalístico exclusivo para você.

ENVIAR
Obrigado por se inscrever em nosso site. Aguarde novidades!
Jornal Somos
ACOMPANHE AS NOSSAS REDES